missão

Promover a formação e conscientização política e cidadã e o acesso á cultura, inclusão digital, formação e qualificação para o trabalho e fomentar a economia solidária.

Visão

Transformar a realidade local empobrecida promovendo o desenvolvimento humano,

econômico, político e social.

valores

Compromisso com o próximo, ética, solidariedade, competência, qualidade.Responsabilidade, seriedade e autonomia.

Quem Somos

A Associação de Promoção Humana e Resgate da Cidadania foi criada e idealizada por “Padre Leo Commissari em 1996 através do Projeto de Solidariedade Imola - São Bernardo do Campo (Itália-Brasil), como fruto de atenção da equipe missionária de padres e irmãs das Paróquias São Geraldo Magella e Jesus de Nazaré (Diocese de Santo André), atuante nas periferias e favelas da cidade de São Bernardo, ajudando a resgatar a dignidade das pessoas através da capacitação profissional para a geração de trabalho e renda, do resgate e estímulo à educação, cultura e lazer, do resgate da dignidade e cidadania e do atendimento a crianças em situação de risco.

Padre Leo Commissari ( Fundador)

rt
ytre
YBJ
XBC
sasa
SDF
ssasa
TR
vcb
vcvcv
NV
MJ
LK
l
JKL
j
IU
hn
hg
h
BVCXZ
cx
DFGGF
ds
ffg
BB
ALG
1234
66
52
44
12

Pe. Leo Commissari nasceu em Bubano - Itália, em 19 de abril de 1942. Descendente de família religiosa viveu a infância numa situação de pobreza devido a Guerra e o Pós-Guerra. Ordenou-se sacerdote em 1976.

Tendo como exemplo o irmão missionário na China Filippo Commissari. Chegou ao Brasil em 1970 em Itapetinga - Bahia, onde viveu 7 anos. Voltando à Itália quis envolver o Bispo num projeto de missão diocesana que envolvesse padres, irmãs e leigos. O sonho se realizou em 1980 quando os Bispos de Ímola e Santo André decidiram um intercâmbio de padres e irmãs "Projeto Igrejas Irmãs". Desde o começo o grupo então formado de 3 padres e 5 irmãs de diferentes congregações da Diocese de Ìmola, escolheram trabalhar na periferia de São Bernardo do Campo. Padre Leo Commissari escolheu viver em favela para sentir na pele o sofrimento do povo, mas lutou a vida inteira para resgatar os pobres do esquecimento em que a sociedade os deixa.

 (Padre Leo Commissari foi assassinado no dia 21 de junho de 1998, vitima da violência urbana, quando voltava ao seu barraco na favela próximo do Centro de Formação Profissional). “Neste local foi derramado o sangue daquele que muito os amava.”                                                                                                                                                                                             Mártir Padre Leo Commissari.

SAIBA MAIS 

Contatos

Tel:4127-0866 

Email: padreleo@padreleo.org.br

Endereço

Rua Padre Leo Commissari, 288 Jd. Silvina - S.B.C - SP CEP 09791006

44